Deixe aqui o seu bitaite!

Todas as pessoas gostam de participar, sugerir, aconselhar, ou usando uma expressão popular portuguesa "dar o seu bitaite". Muito brevemente serei mãe de um menino e para receber os bons conselhos das minhas melhores amigas, pedi-lhes no passado fim de semana, que escrevessem numa folha as suas "dicas para sobreviver ao primeiro ano". A tarefa foi aceite com grande entusiasmo, como... Continue Reading →

Diz-me como andas, descobrirás quem és!

O exercício que me serviu de inspiração para o artigo desta semana parte de uma ideia bastante simples, mas tem um grande impacto nos seus participantes, como dá para perceber neste vídeo. O objetivo é levar os participantes a refletir sobre "o que é privilégio?", a partir das suas experiências pessoais. O formato deste exercício é muito criativo e... Continue Reading →

Um exercício para super-heróis

James Pawelski* é filósofo e diretor de educação da Penn Positive Psychology Center. Ele fala na existência de dois tipos de super-heróis: um de capa vermelha, qual Super-homem que combate o mal e as injustiças e um super-herói de capa verde, que promove e amplifica o bem. Este filósofo diz que podemos ter uma vida... Continue Reading →

Celebrar o Natal “em força(s)”

Vem aí o Natal... Que melhor altura do ano do que esta para fazer celebrar as forças e qualidades de todos nós, jovens ou adultos? A minha proposta para esta quadra natalícia é que convidem os vossos grupos ou turmas a partilhar apenas as qualidades e forças, de coração aberto e sem contrapartidas. Nem todos se darão... Continue Reading →

As relações no coração da resiliência

A resiliência começou a ser estudada em crianças que, apesar de várias adversidades, conseguiam adaptar-se e ser bem sucedidas. Este termo ganhou grande visibilidade e a resiliência começou a ser estudada também nos profissionais de saúde, serviço social e educação. A resiliência nos professores pode ser entendida como “a capacidade para gerir as incertezas inevitáveis inerentes às realidades do... Continue Reading →

“Mastermind” humano

Hoje partilho convosco uma dinâmica que usei esta semana com um grupo de professores: o "Mastermind humano"*. É um jogo de resolução de problemas, que permite trabalhar, a nível grupal, a liderança, comunicação e entreajuda e, a nível individual, a concentração, memória visual e tomada de decisão. Para quem jogou ao Mastermind (jogo de tabuleiro) quando... Continue Reading →

O desafio de formar novos grupos

Sabemos por experiência pessoal que depois de estarmos num grupo, sentimos relutância em deixa-lo para nos juntarmos a outras pessoas. Por outro lado, tendo em conta a riqueza de se trabalhar com pessoas diferentes ao longo de uma formação ou disciplina, o formador pode ajudar a reagrupar os formandos, criando-se novos grupos de trabalho. Foi o que fiz na última formação,... Continue Reading →

De 1 a 10, eu faço a diferença

E se todos os professores e formadores reconhecessem o impacto e a influência que têm na vida das pessoas e especialmente, das crianças e jovens que ensinam? Será que sentiam a sua responsabilidade aumentar? Ficariam ainda mais comprometidos com a aprendizagem dos seus alunos? Às vezes é só isso que falta. E é tão simples.... Continue Reading →

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑